Basta um simples olhar para lhe dar uma boa consciência cultural.













































[Diante da dor dos outros, Susan Sontag]