Quando uma criança era uma criança, alcançava cerejas nos galhos mais altos das árvores como, com algum orgulho, ainda consegue fazer hoje,